3
Quercetina 500mg
Cód:
0702190802
COMPARTILHE

De: R$ 130,00Por: R$ 63,00ou X de

Economia de R$ 67,00

Opções de Parcelamento:
  • à vista R$ 63,00
  • 2X de R$ 31,50 sem juros
  • 3X de R$ 21,00 sem juros
  • 4X de R$ 15,75 sem juros
  • 5X de R$ 12,60 sem juros
  • 6X de R$ 10,50 sem juros
  • 7X de R$ 9,54 com juros
  • 8X de R$ 8,43 com juros
  • 9X de R$ 7,56 com juros
  • 10X de R$ 6,87 com juros
  • 11X de R$ 6,31 com juros
  • 12X de R$ 5,84 com juros
Outras formas de pagamento
Pontos Fidelidade:

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Descrição do Produto

QUERCETINA



A Quercetina é um flavonóide e antioxidante polifenólico natural geralmente encontrado nos alimentos na forma glicosilada, às vezes, como ß- glicosidase.





Quimicamente a Quercetina é uma aglucona da rutina e de outros glicosídeos. Apresenta-se sob a forma de um pó de coloração amarelo-ouro. (Extrato seco 95%). A quercetina, o mais abundante flavonóide presente na dieta humana, representa cerca de 95% do total dos flavonóides ingeridos. Está presente nos vegetais, frutas e sucos. São encontradas altas concentrações de quercetina em maçãs, cebolas, chá e vinho tinto.


Indicações e Ação Farmacológica



A Quercetina apresenta propriedades anti-inflamatórias, anticarcinogênica, atua no sistema imunológico, tem atividade antiviral, reduz o efeito da formação de cataratas nos diabéticos, é hepatoprotetora e gastroprotetora. Há inúmeras aplicações na medicina principalmente nos tratamentos de problemas circulatórios e capilares, incluindo inflamações de qualquer tipo.


Atividade Antioxidante



Entre suas principais ações, destaca-se o seu poder de remover os radicais livres, exercendo um papel citoprotetor em situações de risco de dano celular. A Quercetina demonstrou inibir in vitro a oxidação da lipoproteína de baixa densidade (LDL) por macrófagos e reduzir a citotoxidade da LDL oxidada. Junto com a vitamina C, demonstrou efeitos sinérgicos na função antioxidativa. O ácido ascórbico age como um redutor da oxidação da Quercetina, de maneira que combinados, a vitamina C permite uma sobrevivência maior do flavonóide para cumprir suas funções antioxidativas. Por outro lado, a Quercetina protege a vitamina E da oxidação, com a qual também apresenta efeitos sinérgicos.


Atividade Cardiovascular



A mesma propriedade antioxidante descrita anteriormente é suficiente para reduzir o risco de morte por doenças e danos cardíacos. Neste sentido, a Quercetina demonstrou diminuir a incidência de infarto do miocárdio e derrames cerebrais em pessoas da terceira idade. Também demonstrou efeitos vasodilatadores na aorta isolada de ratos, efeitos antitrombóticos (por uma ligação seletiva na parede plaquetária) e diminuiu as lesões de reperfusão do miocárdio. Devido à inibição da peroxidação lipídica, a Quercetina protege o endotélio da destruição local por prostaciclina e o fator de relaxamento derivado do endotélio.


Atividade Anti-inflamatória



No mecanismo antioxidante sobre a peroxidação lipídica da Quercetina, está envolvida a via do ácido araquidônico o qual implica uma atividade anti-inflamatória paralela.


Atividade Antitumoral



Um dos mecanismos de ação da Quercetina como agente antiproliferativo de células tumorais é através de sua capacidade antimutagênica e de seu poder antioxidante.


Atividade Imunológica



Diferentes estudos têm constatado o fortalecimento do sistema imunológico, em especial no trato gastrointestinal, a partir da administração de Quercetina. Também demonstrou-se ter poder estabilizador nos mastócitos impedindo a ação da histamina durante as reações alérgicas e inibindo a formação de leucotrienos. Tem evidenciado, também, um efeito antifúngico em cultivos de Candida albicans, um fungo oportunista que pode surgir em quadro de imunodepressão.


Atividade Antiviral



Demonstrou-se poder interferir com a infectividade e replicação de adenovírus, coronavírus e rotavírus em cultivos celulares.

Efeitos na Formação de Catarata em Diabetes

Como é conhecida, a catarata é uma complicação relativamente comum em quadros de diabetes. Entre os mecanismos de ação descobriu-se que a enzima aldolase-reductase tem papel gerador de catarata. Diferentes experiências demonstraram atividade inibitória da Quercetina sobre esta enzima, que seria do tipo não-competitiva e uma das mais potentes entre os diferentes agentes inibidores testados.


BENEFÍCIOS


- Anti-inflamatórias;
- Saúde Cardiovascular;
- Diabetes;
- Asma;
- Hipertensão;
- Anti-alergênicas.


POSOLOGIA


Tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia ou conforme a orientação de um profissional habilitado.


COMPOSIÇÃO SUGERIDA


Porção: 1 Cápsula
Quercetina 500mg


Confira outros produtos para saúde clicando aqui


*Não se trata de propaganda, e sim de descrição do produto, consulte sempre um especialista.
**Venda Sob prescrição de profissional habilitado, podendo este ser o nosso farmacêutico de acordo com a resolução 586/2013 do conselho de farmácia. Consulte-o.
Sugestão de uso e benefícios desenvolvidos por profissional habilitado. Todo produto deste site possui dosagens dentro dos padrões usuais.



Advertências


* Estiver Grávida Ou Amamentando, Consulte Um Médico Antes De Usar Este Produto.
* Mantenha Fora Do Alcance De Crianças. Guarde Em local frio e seco.
* Não misturar esse medicamento com outro tipo de estimulante drogas ou bebida alcoólica.
1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
2. Imagens meramente ilustrativas.s
3. É recomendável uma dieta e exercícios físicos para auxiliar a redução de "peso".
4. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.
5. Em caso de hipersensibilidade ao produto recomenda- se descontinuar o uso e consultar o médico.
6. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
7. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz do calor e da umidade. Nestas condições o medicamento se manterá próprio para o consumo respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
8. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
9. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.
10. Embora não existam contra-indicações relativas a faixas etárias recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.
11. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.
12. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.
13. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
14. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO".

Referência


1. http://www.gallica.com.br/arquivos/site/materia-prima/quercetina.pdf

Pergunte e veja opiniões de quem já comprou